Publicações recentes
Redes sociais:
HomeNotíciasMercadoEstudo revela que ecossistemas são essenciais para as empresas

Estudo revela que ecossistemas são essenciais para as empresas

inovação, projectos

Um estudo da Accenture Strategy concluiu que a colaboração e partilha entre organizações é fundamental para a evolução e crescimento das empresas.

O relatório Cornerstone of Future Growth: Ecosystems contou com a participação de 1250 executivos C-level de empresas de diferentes indústrias em todo o mundo e procurou entender de que maneira é que as organizações estão a criar uma vantagem competitiva através da criação de ecossistemas de partilha de dados, clientes, tecnologia e conhecimento.

De acordo com o estudo, 84% dos inquiridos acredita que a criação de ecossistemas é fundamental para a estratégia da sua companhia e 60% concorda que só dessa forma será possível serem disruptivos e inovadores.

A verdade é que apenas 46% dos executivos entrevistados diz que procura activamente parceiros, isto apesar de 77% acreditar que, nos próximos cinco anos, mais de metade das receitas das suas organizações será gerada através de ecossistemas.

No que diz respeito a serem parceiros de ecossistema atractivos, quase todas as companhias que participaram, acreditam que o são: 63% qualificam-se como ‘Atractivas’ e 32% acham que são ‘Extremamente Atractivas’.

Parcerias são elemento crucial no crescimento

De acordo com o relatório, as empresas já estão a aproveitar a oportunidade que as parcerias estão a proporcionar formando ecossistemas para potenciar inovação (63%), aumentar o crescimento de receitas (58%), entrar em novos mercados (55%) e ganhar novos clientes (55%).

Assim, vai ser natural ver concorrentes unirem-se para criar mais receitas, novos modelos de negócio, conseguir ter maior agilidade competitiva e chegar a novos mercados, o que, em última instância, também beneficiará os clientes com novos e melhores produtos e serviços.

No entanto, há ainda barreiras. Os executivos dizem que alguns dos maiores desafios que enfrentam na construção de ecossistemas passam por terem dificuldades em lidar com a cedência de controlo. O relatório refere que 44% dos inquiridos estão preocupados com a partilha dos activos e sigilos da empresa com outras organizações e que 37% assumem que é complicado equilibrar as actuais responsabilidades do negócio com a procura de novas modelos e fontes de receita.

Sectores que mais ganham com a colaboração

Com os dados obtidos no Cornerstone of Future Growth: Ecosystems, a Accenture criou o Índice de Competências de Ecossistema, que analisa seis níveis em que as empresas devem colaborar. Este índice revelou que as organizações dos sectores das telecomunicações, banca e utilities são as que têm mais capacidades para capitalizar oportunidades de ecossistemas.

Caminho para o sucesso

A Accenture alerta, contudo, que antes de criarem ecossistemas, as empresas devem ter em consideração três factores para criarem um caminho de sucesso: ter e definir uma visão clara dos objectivos estratégicos e de inovação; identificar os parceiros certos; e saber como vai ser organizado o ecossistema para conseguir criar valor.

Por

[email protected]

Fã de tecnologia, gosta especialmente de tudo o que esteja relacionado com automóveis e mobile. Além disso é apaixonada pelo Star Wars.