InternacionalNotícias

Receitas de cloud do SAS na EMEA crescem 29% em 2021

De acordo com a McKinsey & Company, 70% das empresas que usam a cloud planeiam aumentar os seus orçamentos nesta tecnologia.

starline/Freepik

O SAS anunciou os resultados do negócio de cloud em que registou um crescimento de 19% em 2021, em relação ao ano anterior. O maior aumento desta área de negócio registou-se na região da Ásia-Pacífico (48%) e na EMEA (29%).

A empresa tem no seu portfólio diversas soluções cloud-native na qual se destaca a plataforma de analítica SAS Viya, e diversas parcerias como é o caso da realizada com a Microsoft e com a Cosmo Tech, que reforçou as capacidades de simulação de gémeos digitais da tecnológica.

Bryan Harris, vice-presidente executivo e CTO do SAS, explica a estratégia: «Transformámos o nosso portfólio para ser nativo e portátil na cloud, de forma que os clientes possam acelerar a sua migração para a cloud e expandir o uso da analítica, machine learning e IA. Na verdade, o que queremos é que a nossa plataforma e soluções do sector sejam uma parte crítica da inovação analítica de cada cliente».

E há perspectivas para o negócio de cloud continuar a crescer em 2022. De acordo com a McKinsey & Company, 70% das empresas que usam a cloud planeiam aumentar os seus orçamentos nesta tecnologia, além de as previsões apontarem que o mercado de cloud pública deve atingir 800 mil milhões de dólares até 2024.

Deixe uma resposta