NotíciasSegurança

WatchGuard reforça solução cloud com módulos dedicados ao endpoint

Os clientes podem agora acrescentar camadas de serviços para simplificar a gestão da segurança e os parceiros têm novas oportunidades de receitas.

Freepik

A WatchGuard Technologies anunciou hoje quatro novos módulos de segurança endpoint na WatchGuard Cloud, o que dá aos fornecedores e clientes a possibilidade de adicionar camadas de serviços de segurança, como a segurança de rede, MFA e o Wi-Fi seguro.

Entre as novidades estão o  WatchGuard Patch Management, que serve para gerir as vulnerabilidades dos sistemas operacionais e de centenas de aplicações de terceiros nas estações de trabalho e servidores Windows; o  WatchGuard Full Encryption – Controla e gere centralmente a encriptação total do disco e da unidade de USB e a recuperação de chaves, aproveitando o BitLocker nos sistemas Windows; o WatchGuard Advance Reporting Tool (ART), que dá informação detalhada das operações diárias das aplicações, redes e utilizadores; e o WatchGuard Data Control que descobre, auditoria e monitoriza dados sensíveis ou pessoais não estruturados nos endpoints, a partir de dados em repouso, em uso ou em movimento.

Andrew Young, Vice-Presidente Sénior de Gestão de Produto na WatchGuard explica a que a empresa «continua a construir e a apresentar a visão que tem para a sua Plataforma de Segurança Unificada, que permite aos MSP oferecer um conjunto abrangente de serviços de segurança para proteção de negócios de todas as dimensões».

Com estes módulos, não só os clientes podem acrescentar camadas de serviços para simplificar a gestão da segurança, como os parceiros têm novas oportunidades de receitas.

O responsável salienta  que a «adição dos novos módulos endpoint não só facilita drasticamente a gestão do  portfólio de segurança de endpoint para os MSP, como lhes proporciona novas oportunidades de cross-sell e up-sell».

Deixe uma resposta