InternacionalNotícias

AWS e everis vão colaborar para criar soluções empresariais nativas na cloud

A parceria terá como foco as regiões da EMEA e LATAM.

natanaelginting/Freepik

A consultora pertencente ao Grupo NTT DATA anunciou um novo Acordo de Colaboração Estratégica (SCA) com a Amazon Web Services (AWS) para o desenvolvimento de soluções empresariais digitais construídas na cloud que acelerem a transformação digital dasorganizações .

A pandemia trouxe uma crescente necessidade de migração dos negócios e respectivas aplicações para a cloud e  de mais soluções cloud-native. Neste contexto, a everis, que já presta serviços de negócios e TI baseados em AWS, vai estender a sua colaboração com a empresa norte-americana para ajudar as empresas das regiões EMEA e LATAM na sua jornada na cloud.

As tecnológicas vão  trabalhar em conjunto e a «AWS vai apoiar o recém-anunciado ecossistema everis de aplicações empresariais na nuvem denominado Syntphony, que vai reunir soluções como Dedalow, Open Banking Platform, Datalaia, Dolffia e Compass». A consultora também vai desenvolver «serviços end to end, com o objetivo de ajudar os clientes a adoptar, migrar e optimizar aplicações na cloud da Amazon, incluindo aplicações verticais específicas, como a Murex», explica a everis em comunicado.

As duas empresas também vão colaborar numa estratégia conjunta de abordagem ao mercado em geografias chave. Além disso, a everis pretende formar e capacitar centenas de colaboradores em todo o mundo com certificações AWS.

Tiago Barroso, CEO da everis Portugal, explica a aposta: «Através deste acordo de colaboração estratégica com a AWS, que combina os serviços de cloud da empresa com a experiência da everis em várias indústrias e os conhecimentos na prestação de serviços de TI, vamos fornecer soluções e serviços que podem ajudar os nossos clientes empresariais a acelerar a sua transformação digital».

Já Miguel Alava, managing diretor, Iberia, Amazon Web Services, salienta que a colaboração vai permitir «criar novas oportunidades e acrescentar valor para os clientes na Península Ibérica».

 

Deixe uma resposta