NacionalNotícias

Cleverti quer contratar 50 colaboradores em regime remoto até ao final do ano

A empresa portuguesa de desenvolvimento e testes de software acredita que terá «um incremento da facturação na ordem dos 30%», em 2021.

monsterstudio/Freepik

A Cleverti registou aumento da facturação na ordem dos 100% em 2019, manteve esta tendência e terminou o ano transacto com um crescimento das receitas, do número de pessoas e do número de clientes e de projectos.

Em 2021, a tecnológica acredita que terá  «um incremento da facturação na ordem dos 30%» e para  continuar a crescer e manter a aposta no mercado europeu, precisa de aumentar a equipa.

A empresa portuguesa de desenvolvimento e testes de software que, assim, contratar cerca de 50 colaboradores em regime remoto até ao final do ano. As posições em aberto estão ligadas a tecnologias como .NET Core, DevOps, Node.js e React. A Cleverti revela que, neste momento, já está a contratar vinte frontend developers desta última tecnologia «com mais de três anos de experiência para um projecto nearshore com base no Reino Unido».

A empresa oferece «um pacote salarial atractivo que inclui remuneração fixa e variável, um conjunto de benefícios abrangente, incluindo um programa de bem-estar multifacetado e a opção de trabalhar 100% remoto». Além disso, dá «condições favoráveis ao desenvolvimento de competências, assentes na formação, acompanhamento e reconhecimento».

 

Business-IT