InternacionalNotícias

Invillia lança campanha de recrutamento e quer chegar aos 1500 colaboradores até ao final do ano

A tecnológica brasileira espera conseguir contratar 600 talentos antes de 2021 terminar.

Pexels/Pixabay
Business-IT

A Invillia lançou uma campanha global de recrutamento designada ‘Hello Strangers’ com vista a atrair
«pessoas que se sentem estranhas onde trabalham» posicionando-se como o lugar que «compreende o gosto pelo extraordinário, pelo geek, pelo diferente».

O objectivo é recrutar cem profissionais a curto prazo  em todo o mundo, inclusive em Portugal, já que a empresa tem a filosofia remote first. Entre os perfis procurados estão developers, software engineers, designers UX e product owners.

Até ao final do ano, a Invillia, que terminou o ano de 2020 com 800 colaboradores, quer acrescentar mais 600:  «a expectativa é atingir os 1500 profissionais», explica a tecnológica de origem brasileira.

«Enquanto as principais tecnológicas discutem a escassez de engenheiros e programadores e a
possibilidade de um apagão no sector já em 2022, a Invillia aborda nesta acção uma outra perspectiva:
a falta de espaço nas empresas para receber e desenvolver quem pensa diferente e quer ousar. Um
deficit das próprias techs, e não do mercado», salienta Renato Bolzan, CEO da Invillia.

O responsável explica ainda o motivo desta abordagem: «Muitos desses talentos estão cansados das mesmas possibilidades de sempre. E é importante saberem que existe uma opção, quem os entende e cujo dia a dia é dominado pelo novo. Onde ninguém se sente estranho. E com o trabalho conectado em que a Invillia é referência, já não é preciso ir para fora do país para integrar desafios de ponta. Com unicórnios e startups
revolucionárias. Ou aprender e evoluir continuamente com especialistas e talentos globais. Não
queremos só atrair quem quer fazer diferente, estamos preparados para desenvolver cada
profissional, ouvi-lo. E potenciar as suas ideias».