NacionalNotícias

Ubiwhere lança projecto de segurança nas transferências de dados

A nova tecnologia permitirá que o processamento de dados ocorra de forma descentralizada.

natanaelginting/Freepik

FogProtect é o nome do projecto liderado pela Ubiwhere e cofinanciado pela Comissão Europeia, que  tem como objectivo assegurar a transferência de dados sensíveis de forma segura de ponta-a-ponta,
nomeadamente desde sensores IoT até à cloud e dispositivos móveis.

Resultante da colaboração entre empresa portuguesa, a IBM Israel, a Nokia, a Thales France, o Athens
Technology Center, a Universidade de Southampton, a Universidade Técnica de Viena, a Universidade de
Duisburg-Essen e a Vlaamse Radio, o  FogProtect pode ser utilizada em múltiplos contextos para dar suporte a todo o tipo de aplicação ou serviços.

O projecto combina quatro inovações principais. São elas tecnologia para portabilidade e mobilidade de dados segura, recorrendo a um encapsulamento protegido de dados de container; serviço inteligente e automático de protecção de dados e gestão de recursos; gestão avançada de políticas de protecção e privacidade de dados; e modelos e ferramentas para diminuir o risco na proteçcão dinâmica de dados.



A tecnologia fog computing desenvolvida pelo projecto em que participa a Ubiwhere será capaz de «alocar uma determinada capacidade de memória, armazenamento e computação a um conjunto de nós distribuídos na camada IoT, designados como fog nodes», explica a empresa em comunicado.  Esta tecnologia permitirá que o processamento de dados ocorra de forma descentralizada e mais próximo da sua fonte, tornando o processo, não só mais rápido, mais seguro e sustentável ao poupar energia.

Além disso, «abre portas a recursos de análise e decisões inteligentes com base na sensibilidade dos dados e
políticas de mitigação de risco, bem como uma melhor protecção contínua dos dados a serem processados».

O FogProtect estabelece, assim,  as bases necessárias para assegurar a protecção de dados num ecossistema de telecomunicações de forma resiliente e que serão testadas em pilotos de diferentes verticais: num contexto de distribuição de conteúdo audiovisual;  Indústria 4.0  e, por fim,  em Smart Cities. Este último piloto,  demonstrará como produtos, nomeadamente as Smartlamppost e a Urban Platform, beneficiarão de uma correta e segura aquisição, transporte e processamento de dados sensíveis  de imagens e vídeos provenientes de câmaras de videovigilância.

Business-IT