destaqueNacional

BI4All anuncia volume de negócios de 9 milhões de euros

José Oliveira, CEO BI4All

A tecnológica portuguesa BI4All anunciou os seus resultados relativos a 2017. A empresa registou um crescimento de 28% e um volume de negócios de nove milhões de euros.

A operar no mercado dos serviços de business intelligence, a BI4All avança com 900 mil euros de resultados líquidos, ainda «provisórios», explicou José Oliveira, o CEO da empresa portuguesa.

Nestes nove milhões de euros de volume de negócios, a empresa refere «47% deste valor já resulta do crescimento dos mercados internacionais», num crescimento de 58% em relação a 2016. Naquilo que diz respeito ao mercado português, José Oliveira refere que «os preços continuam a ser um handicap em Portugal».

Para 2018, José Oliveira avança que «é provável que o mercado internacional supere o nacional». A aposta da empresa está no nearshoring – no ano passado, inaugurou um novo centro deste tipo, para aumentar a equipa.



O sector farmacêutico continua a liderar, sendo o sector mais importante de prestação de serviços da empresa. Seguem-se sectores como os transportes e as telecomunicações, por exemplo.

Os objectivos financeiros para este ano também já estão delineados: «continuar a crescer, para alcançar um volume de negócios de 11 milhões de euros», anunciou José Oliveira.

Com a obrigatoriedade de conformidade do RGPD marcada para o próximo dia 25 de Maio, a BI4All destaca a importância desta área de negócio. «Existe um nível de exigência dos clientes, afinal estamos a falar de multinacionais», explicou José Oliveira. Além disso, o responsável destaca ainda que «a área de RGPD é importante para a empresa «há que ter em conta o time to market, que é estratégico para nós».

BI4All quer aumentar a equipa em 2018

No final de 2017, a BI4All contabilizava um total de 145 colaboradores. Com o aumento do número de projectos, a empresa aposta na contratação de mais colaboradores. «Em 2018, o objectivo é contratar mais 30 pessoas», avançou José Oliveira.

«Em três anos, crescemos 138% no que toca a pessoas», referiu o CEO, destacando também que disso surgem problemas como «a criação das estruturas necessárias para as pessoas» e desafios no que toca à gestão de colaboradores. Neste momento, a BI4All procura consultores de business intelligence, software developers e big data engineers.

 

Business-IT