NacionalNotícias

Receitas da Vodafone Portugal crescem 6,4% no segundo trimestre

As receitas totais também cresceram 6,4% ano-a-ano (YoY), contabilizando 296 milhões de euros.

Jannoon028/Freepik

A Vodafone Portugal anunciou os resultados do segundo trimestre do ano fiscal de 2021-2022, que terminou em Setembro. A empresa voltou a crescer nomeadamente no que diz respeito às receitas de serviço que atingiram 271 milhões de euros e registaram um aumento de 6,4% em relação ao ano anterior.

As receitas totais também cresceram 6,4% ano-a-ano (YoY), contabilizando 296 milhões de euros. No período em análise, o número de clientes fixos alcançou 847 mil (9,0% YoY) no serviço de banda larga e 780 mil (9,3% YoY) de TV. Além disso, o operador expandiu a sua rede de fibra e  alcançou 4,0 milhões de lares e empresas (+11,0% YoY).

O número de clientes do serviço móvel aumentou 1,7% face a Setembro de 2020 e chegou aos 4,688 milhões e a empresa registou também um crescimento das receitas de roaming.

Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal, explica que os resultados «espelham uma trajetória de crescimento que reforça o nosso empenho em dar continuidade a uma estratégia de prestação de serviço focada nos clientes».

O responsável salientou ainda a aposta na inovação e no País: «A Vodafone investiu de forma muito expressiva na aquisição de espectro 5G. Este investimento, juntamente com a experiência que retiramos de outros mercados europeus onde a empresa já lançou estes serviços e com o trabalho realizado localmente nos últimos anos – para termos a rede preparada para o seu lançamento  em Portugal – permite que estejamos certos de que continuaremos a dar um importante contributo ao País na dinamização, na competitividade das empresas e na melhoria da qualidade de vida dos portugueses».