EmpreendedorismoNacionalNotícias

PeekMed consegue financiamento de 3 milhões de euros para continuar internacionalização

A ronda investimento de série A foi liderada pela Grosvenor House of Investments e pela Portugal Ventures.

Fundadores da PeekMed
Business-IT

A PeekMed, que desenvolveu um sistema de planeamento pré-operatório baseado em inteligência artificial para ortopedia que permite planear a cirurgia e simular diferentes resultados e tamanhos de implantes, anunciou o fecho de uma ronda de investimento de série A, no valor de 3 milhões de euros.

Com este financiamento, liderado pela Grosvenor House of Investments e pela Portugal Ventures, a startup da comunidade da Startup Braga vai continuar a sua «expansão global, especialmente nos mercados europeu e norte-americano».

Segundo a PeekMed, o investimento vai servir para «o aumento da capacidade de vendas e marketing para crescer nos mercados internacionais, mas também contratar e expandir a equipa de produto» de forma a continuar o «desenvolvimento de uma solução de planeamento 3D baseado em inteligência artificial e deep learning».

João Pedro Ribeiro, CEO e chairman da PeekMed, explica os objectivos da startup: «Desde o primeiro dia, a nossa visão tem sido apoiar cirurgiões, hospitais e fabricantes de implantes para melhor prepararem e simularem cirurgias, acabando por levar à redução de custos e melhores resultados para o paciente. A Portugal Ventures acredita na mesma visão e tem-nos apoiado desde o início nesta jornada.  Agora é a hora de expandir o nosso alcance no mercado e as potencialidades do nosso produto».

Já Rui Ferreira, vice-presidente da Portugal Ventures, revela que a empresa «terá a partir de agora condições ímpares para implementar a sua estratégia em tornar-se a referência no planeamento de cirurgias ortopédicas à escala global» e Duarte Costa, founder & managing partner da Grosvenor, destaca que este será um processo de colaboração: «Mais do que um investimento, vemos isto como uma parceria, trabalhando com a empresa e co-investidores para o crescimento sustentável do projecto».