brand.IT

O que é VPN? Saiba o que é e como utilizar

Gino Crescoli/Pixabay

VPN é uma Rede Privada Virtual (Virtual Private Network) utilizada no mundo todo para trafegar dados virtuais de uma maneira mais protegida. Redes Wi-Fi costumam não ter proteção, tornando-se uma zona perigosa para quem não deseja ter seus dados divulgados.

Por ser uma ferramenta tão eficaz o VPN é utilizado por muitas empresas na hora de protegerem seus dados, no entanto a grande maioria das pessoas não fazer ideia do quão poderoso pode ser o VPN quando se trata de segurança de informações pessoais.

Essa rede virtual privada é muito importante quando o assunto é o tráfego de dados de forma segura, pois permite acesso de uma rede interna do seu local de trabalho mesmo que não esteja lá de maneira presencial.
O VPN acaba agindo como se fosse um firewall, onde é mais fácil e seguro trafegar dados de rede sem dar chance para criminosos cibernéticos ou alguns tipos de governos autoritários vigiarem ou controlarem o que fazer quando estão acessando a internet. Esse é um dos motivos pelo qual esse é um recurso adotado por várias empresas.

Utilize os melhores serviços de VPN e conheça a melhor forma de trafegar nesse mundo virtual!
O VPN utiliza dados criptografados, dessa maneira, mesmos que hackers maliciosos tentem fazer uma interceptação de informações, será praticamente impossível o acesso a elas.

O lado negativo é que assim como pessoas que não tem más intenções utilizam o recurso, pessoas intenções opostas também podem utilizar o VPN de maneira maliciosa. Ao mascarar seus IPS qualquer pessoa pode burlar regras. Imaginem que uma pessoa na Alemanha poderá acessar canais de internet proibidos no país sem que seja descoberto, o que o VPN faz é mascarar sua rede substituindo seu provedor.
Dessa mesma forma quando aplicativos são bloqueados em uma determinada região ao utilizar o VPN é possível ter acesso novamente ao programa.

Mas o VPN é seguro para ser utilizado? A resposta é, nem sempre. Nem todos os softwares usados podem ser realmente seguros. O que acontece é que as redes de VPN são criados com pessoas ou empresas para ter acesso a internet, onde a ferramenta funciona como um caminho alternativo para chegar a um objetivo “sem ser visto” ou identificado.

Para exemplificar com mais clareza é como se houvesse duas estradas, uma conhecida por todos e uma segunda opção que poucos conhecem e você correrá menos chances de ser visto.

Para ter um pouco mais de segurança no acesso ao VPN a melhor opção é escolher as redes mais bem avaliadas por outras pessoas, usuários ou fóruns. E com tudo isso, ainda assim, não é aconselhável digitação de senhas importantes ou acessar contas de banco.

Outra informação importante é que as Redes Privadas Virtuais tem limites de serviços onde franquias de dados são estabelecidas e cada rede possui a sua restrição podendo ser internet lenta ou interrupção total do serviço.
A grande maioria dos VPNs não possuem registros de acesso, seria até mesmo sem lógica, afinal, quem busca redes alternativas de acesso busca também não deixar “rastros” por onde passa. Por esse mesmo motivo algumas redes já permitem realizar pagamentos com moedas criptografadas.

Business-IT