NacionalNotícias

BPI e CaixaBank levam empreendedores portugueses a Silicon Valley e a Cambridge

As startups vencedoras e finalistas da 12ª edição dos Prémios Empreendedor XXI participaram em programas de acompanhamento internacional.

Os representantes da HUUB, Peekmed, Pro Drone e Seacliq (na foto) estiveram em Silicon Valley  para conhecerem em primeira-mão tecnologias disruptivas e fazerem parte do programa de acompanhamento, cujo objectivo é dar aos participantes informação para localizar mercados, sectores e pessoas que podem vir a ser fundamentais para o desenvolvimento das suas empresas.

Os participantes conheceram o dia-a-dia de outras startups, aprenderam sobre o contacto com investidores de capital de risco e tiveram a oportunidade de conhecer de perto casos de sucesso.

O programa é dirigido a empresas que já se encontram numa fase mais avançada e pretende ser um curso de transformação, de inspiração e de exploração.

A «iniciativa pretende ajudar os empreendedores portugueses a serem mais ambiciosos com os seus projectos e a pensar em grande, com a metodologia Moonshot Thinking», explica Iván Bofarull, CIO da ESADE e director do programa formativo.

No Reino Unido, os representantes das startups portuguesas LOQR e Nu-Rise participaram num curso internacional de crescimento empresarial, denominado Ignite Fast Track da Universidade de Cambridge.

Durante seis dias, assistiram a um programa de formação académico dirigido a empresas que se encontram em fase inicial, para receber apoio ao crescimento e validação dos seus projectos.

O director do centro de empreendedorismo da Universidade de Cambridge, Bruno Cotta, diz que o programa «Ignite combina o ensino prático, sessões de mentoria e consultoria, apoio e conselhos experientes dos principais empresários e inovadores, e oferece aos participantes as ferramentas, os contactos e a confiança para transformar as suas ideias em projectos empresariais de sucesso».

Os Prémios Empreendedor XXI são uma iniciativa do CaixaBank, organizados em Portugal pelo BPI, nos quais se candidataram 300 empresas e que na edição 2019 teve como vencedores a Seacliq – Lota Digital (categoria Agro Tech) e a HUUB ( categoria Commerce Tech). Nas categorias territoriais a Pro-Drone venceu no Sul e Ilhas) e a Exogenus Therapeutics no Norte e Centro.

Business-IT