InternacionalNotícias

IBM lança conjunto de ferramentas de IA para cidades e para o sector automóvel

Business-IT

A IBM lançou novos serviços e soluções, com base na inteligência artificial (IA) do IBM Watson, pré-definidas e criadas à medida de vários setores e profissões.

O lançamento, com impacto em nove áreas, incluindo os setores automóvel e imobiliário, acompanha o anúncio da IBM da semana passada, sobre um novo serviço de software que dá às empresas mais transparência nas decisões que têm por base a inteligência artificial.

Desta forma, combinando soluções de IoT e IA, o IBM IoT Buildings Insights consegue descodificar os exabytes de dados que todos os dias são recolhidos do normal funcionamento dos edifícios comerciais, para que proprietários e gestores de condomínios possam reduzir custos relacionados com a manutenção e gastos de energia, e perceber de que forma podem ajustar mais eficazmente padrões de ocupação desse mesmo espaço.

Através desta solução é possível, através de dados sobre as previsões do tempo, desempenho histórico do edifício e ainda outros dados de análise de entidades terceiras, maximizar os investimentos imobiliários.

Com a evolução do sector automóvel, nomeadamente a condução autónoma, há um conjunto quase ilimitado de dados em tempo real sobre padrões de condução, de utilização e de desempenho que está a transformar esta indústria.

Além disso, hoje em dia, segundo a IBM, «os requisitos e especificidades na área da engenharia automóvel estão a aumentar a uma grande velocidade» com um automóvel normal a exigir «mais de 100 milhões de linhas de código e milhares de requisitos de engenharia». Assim, a IA tem e terá um papel importante a desempenhar no desenvolvimento de produto.

A tecnológica expandiu, assim, o seu portefólio de Software & Systems Engineering com um assistente de qualidade para a gestão de requisitos. Com base em IA, a solução vai avaliar a qualidade dos requisitos e fornecerá sugestões sobre como melhorar a qualidade na construção dos automóveis de próxima geração.

«Uma vez que o volume de dados continua a aumentar, os profissionais estão cada vez mais sobrecarregados com a quantidade de informações que têm de gerir todos os dias. Felizmente, isso coincide com o avanço tecnológico sem precedentes a que estamos a assistir. Refiro-me à Inteligência Artificial, enquanto ferramenta-chave para aproveitar os dados que estão agora ao nosso alcance e para adaptar as novas soluções a profissões e setores específicos, o que vai permitir criar um novo potencial e alcance à forma como trabalhamos diariamente», disse David Kenny, senior vice president IBM Cognitive Solutions.