Notícias

Velocidi adquire startup portuguesa ShiftForward

Negócio ShiftForward Velocidi

A ShiftForward, startup portuguesa que desenvolve soluções tecnológicas de gestão de dados, foi adquirida pela multinacional Velocidi, que opera no mercado do marketing digital.

Até aqui, a ShiftForward contava com dez colaboradores no escritório, situado no Porto. Com a aquisição, a equipa vai duplicar. Em comunicado, foi anunciado que a ShiftForward vai manter-se na Invicta e que pretende contratar dez pessoas, para áreas como engenharia, marketing e produto.

A equipa vai ser liderada por Paulo Cunha, anterior CEO da ShiftForward, que assume agora o cargo de chief product officer da Velocidi. Os valores envolvidos no negócio de aquisição da startup portuguesa não foram revelados.

«Ao integrarmos a equipa da Velocidi vamos não só ser capazes de enriquecer os nossos produtos e serviços, de modo a torná-la na primeira plataforma de dados no mercado que agrega dados de consumidores e de publicidade digital, como continuar a reter talento português e a manter a nossa estrutura na cidade do Porto e o nosso espírito dinâmico de startup», explicou Paulo Cunha.

Para David Dunne, fundador e CEO da Velocidi, «os timings desta fusão não podiam ser melhores. Os gestores de negócio e os marketeers têm acesso a volumes de dados sem precedentes e juntos preparamos esses dados para que sejam tomadas as melhores decisões de marketing».

A Velocidi, que está localizada em Nova Iorque, recebeu um financiamento de 12 milhões de dólares (9,7 milhões de euros) em capital de risco, em 2016. Actualmente, a empresa trabalha para marcas como a Heineken, Mattel ou BMW.

Portugal Ventures já vendeu a sua parte

A ShiftForward surgiu em 2011, como uma consultora especializada em pesquisa e desenvolvimento de tecnologia de anúncios, com clientes em França, Alemanha e Reino Unido. Desde então, tem vindo a aprimorar as suas soluções; em 2016, lançava a plataforma ShiftForward Private DMP, que reúne, analisa e activa dados de consumidores em públicos-alvo, para permitir a sua utilização em campanhas publicitárias.

No final de 2014, a empresa portuense fechou uma ronda de investimentos liderada pela Portugal Ventures, em conjunto com os business angels Florian Heinemann e Brian Fitzpatrick.

A sociedade de capital de risco já vendeu a sua participação na startup do Porto, com Celso Guedes de Carvalho, CEO da Portugal Ventures, a explicar, em comunicado, que «atendendo ao estágio de maturidade da empresa, este exit acontece de forma natural para todos os accionistas fundadores e investidores da ShiftForward, confirmando o sucesso da decisão de investimento e do roadmap que permitiu a validação das soluções tecnológica em mercados internacionais».

Business-IT