NotíciasSegurança

PSP e .PT unem-se para promover um ciberespaço mais seguro para cidadãos e empresas

A parceria prevê a troca de conhecimento entre as entidades com formação e qualificação de recursos humanos, criação de ferramentas específicas de apoio à investigação e outras iniciativas conjuntas.

Wirestock/Freepik

O .PT e a Polícia de Segurança Pública assinaram um protocolo de cooperação que visa aumentar as «capacidades nacionais de cibersegurança, prevenção e combate à cibercriminalidade» e, assim, promover um ciberespaço mais seguro para os cidadãos e as empresas nacionais.

A parceria entre a entidade responsável pela gestão do domínio de topo português .pt e a PSP prevê a troca de conhecimento entre as entidades com formação e qualificação de recursos humanos, criação de ferramentas específicas de apoio à investigação e outras iniciativas conjuntas.

O protocolo surge no âmbito da estratégia do .PT, que prevê o desenvolvimento de parcerias com entidades reconhecidas a nível nacional e contribuir para o crescimento seguro, inovador e resiliente dos domínios nacionais.

De acordo com o Superintendente Pedro Gouveia, director nacional adjunto da Polícia de Segurança Pública, esta polícia «necessita de capacitar os seus recursos humanos com as mais recentes técnicas e ferramentas que permitam a sua actuação no ciberespaço e no combate ao cibercrime».

Como tal, a parceria «permitirá o acesso a conhecimento especializado e a ferramentas cruciais para o desempenho eficaz das funções da PSP no combate à cibercriminalidade», acrescenta o responsável.

Já Luisa Ribeiro Lopes, Presidente do Conselho Diretivo do .PT, salienta que «proteger os cidadãos e as empresas portuguesas no ciberespaço é uma responsabilidade que a entidade assume com grande seriedade» e que «a sinergia e a troca de expertise» com a PSP será «um passo fundamental na construção de um futuro digital mais seguro para todos».

Deixe um comentário