NacionalNotícias

Anturio aposta em Aveiro e inicia internacionalização em Espanha

A tecnológica nacional abriu um escritório em Aveiro e anunciou a entrada no mercado espanhol. A Anturio espera dar continuidade ao processo de internacionalização e chegar a novos mercados nos próximos anos.

A empresa de consultoria, desenvolvimento e implementação de software de gestão abriu um novo escritório em Aveiro para reforçar a sua presença no Norte do País. Mário Almeida, business & project director da Anturio, explica que a aposta é «estratégica» e visa posicionar a tecnológica como «parceira das empresas da região».

O responsável destaca ainda que a empresa «vê na proximidade uma vantagem competitiva» e que os planos passam «pela prestação de serviços de grande qualidade» e por ajudar ao «crescimento sustentado dos clientes». João Vaz, COO da Anturio, esclarece que a presença local é «fundamental para abrir novas oportunidades de negócio e dar uma resposta rápida a projectos de maior dimensão».

Em Aveiro, a empresa conta com uma equipa especializada de três consultores seniores e um business & project manager que têm como missão a «fidelização, gestão e angariação de clientes com vista a aumentar a quota de mercado na região», revela Mário Almeida. A expansão da equipa já «está prevista a partir de 2023» para reforçar ainda mais o apoio naquela zona do País.

Espanha é só o começo
A Anturio está também a retomar o seu processo de internacionalização, definido antes da pandemia. Espanha é o primeiro mercado-alvo e João Vaz explica o que está a ser feito: «Estamos a adaptar a entrada neste mercado competitivo, recuperámos parcerias espanholas e estamos em fase de arranque». Já Mário Almeida salienta que este mercado é a «escolha natural para empresas portuguesas» devido à sua «localização» e ao «histórico de relações entre os dois países», mas realça que existem alguns desafios: «É um mercado muito diferente do português, em que as escolhas para software de gestão estão muito bem identificadas e a penetração com ERP é muito desafiante».

A estratégia de internacionalização tem «como pilares os verticais WepAPPConstrução, WebAPPProdução e WebAPPWMS e IT Services», já que conseguem uma «economia de escala muito interessante, por razões de âmbito regional e de métodos de gestão das empresas no mercado internacional». Mário Almeida lembra que estes planos foram «muito influenciados pelo teste efectuado em Espanha», que demonstrou haver «um tecido empresarial forte», mas em que «o software de gestão é usado exclusivamente para facturar e não como ferramenta de apoio à gestão». Sobre o futuro, o COO da Anturio refere que existem «grandes ambições para a internacionalização nos próximos três anos».

Recrutamento activo
A empresa espera crescer «acima dos 20%» este ano, diz João Vaz; para acompanhar estes resultados, a Anturio quer aumentar a equipa: «Procuramos quatro consultores ERP seniores, em que o conhecimento em PHC é valorizado. Neste momento, também estamos com uma vaga em aberto para liderar na nossa equipa de service».

Além do recrutamento, a tecnológica nacional conta ainda com o Anturio Intership Program, um programa de estágios em que é «dada formação técnica e de gestão», onde os melhores têm hipótese de ingressar na empresa.

Deixe uma resposta