NacionalNotícias

Portuguesa Knowtary é uma das cinco finalistas do programa BlockStart

Freepik
Business-IT

A segunda de três edições do programa de aceleração europeu BlockStart, que pretende apoiar e incentivar a adopção da tecnologia blockchain em vários sectores da sociedade, anunciou as cinco startups finalistas entre as quais está a Knowtary.

A iniciativa da Bright Pixel, em parceria com a F6S e a CIVITTA, está quase a terminar e, nesta fase, as cinco melhores startups participantes vão mostrar os protótipos que desenvolveram durante seis meses junto das PME europeias.

O Demo Day, que acontece no dia 30 de Junho,  conta com a participação da Knowtary, que usa blockchain para criar identidades digitais e registos de bens ou de propriedades, e integrá-los em empresas e serviços de notariado, para que todas as transações sejam seguras, rastreáveis, indiscutíveis e confiáveis.

No evento participam ainda a ComeTogether (Grécia), cuja solução permite gerir o ciclo de organização de eventos, prevenindo fraudes e revendas não autorizadas de bilhetes; a IBISA (Luxemburgo) que consiste numa plataforma que recorre a tecnologia blockchain e dados de satélites de observação da Terra
para apoiar micro-seguros para a agricultura; a LoanXchain (itália) que é  o primeiro marketplace de empréstimos secundários, permitindo aos mutuantes e investidores cooperar para financiar a economia real; e a Motoblockchain (Espanha)  que fornece aos proprietários de motos a infraestrutura para criar uma identidade digital da mota e aos compradores a possibilidade de acederem ao histórico da mota que desejam comprar.

O BlockStart já impulsionou a implementação de 34 projetos-piloto e apoiou quarenta startups de blockchain nos últimos dois anos, entre as quais três portuguesas. Em breve, terá início a 3.ª e última edição do programa de aceleração.