NacionalNotícias

DPO PRO vai ter novas edições em Lisboa e no Porto

O RGPD aumentou procura por formações de Data Protection Officers.

Freepik

A DPO Consulting, em parceria com a Associação Empresarial de Portugal (AEP), lança duas novas edições do DPO PRO, um programa de formação de Data Protection Officers.

A formação tem início no próximo dia 17 de Fevereiro, em Lisboa, e dia 21 de Fevereiro no Porto. O total de 48 horas da formação é distribuído por dois dias por semana, de quatro horas cada, ao longo de seis semanas e em regime pós-laboral.

O Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD) e a promulgação da respectiva lei de execução nacional deram origem a um novo quadro legal que veio obrigar todas as organizações a desenvolverem políticas restritas de tratamento e gestão de dados pessoais.



Ao abrigo do artigo 37º do RGPD, entidades públicas e privadas necessitam de um responsável que garanta o cumprimento de todas as regras e novas obrigações: um Data Protection Officer (DPO), ou Encarregado de Protecção de Dados.

Elsa Veloso, advogada, certified information privacy professional europe e directora científica da
formação DPO PRO, explica que «a procura por encarregados de protecção de dados devidamente
qualificados, conhecedores do RGPD e das melhores metodologias e práticas nesta matéria, tem
registado um aumento muito interessante em Portugal, seja em modelo interno ou em outsourcing».

A responsável, considera, no entanto, que ainda há  «um longo caminho a percorrer pelas empresas nacionais, públicas e privadas, na resposta aos requisitos e compliance com o RGPD.» e que este continuará a ser um «tema crucial para as organizações» durante este ano.

Business-IT

Deixe uma resposta