NacionalNotícias

Randstad lança ferramenta personalizada de apoio à decisão

A solução xPT usa ciência dos dados para ajudar na captação e retenção do talento.

A Randstad anunciou o lançamento do  xPT, um produto que agrega dados de mercado e os transforma numa ferramenta personalizada de suporte à decisão para ajudar na criação de estratégias de atração e retenção de talento.

A solução cruza dados e faz gráficos personalizados usando algoritmos que podem ir a níveis de detalhe de concelho ou habilitações literárias ou mesmo salários. A informação usada pode ser demográfica, económica, social, de employer branding, entre outras dimensões.

O xPT reflecte a experiência da Randstad em Portugal e é apresentado em três modalidades de acesso à informação – xPT, yData e eXcellence – que varia consoante a quantidade de informação e de análise pretendida.



A primeira versão do xPT é gratuita para clientes e permite às empresas ter acesso a informação geral sobre ofertas de emprego no mercado, números de desemprego e condições salariais.

Caso as empresas estejam à procura de informação específica relacionada com a sua localização, sector, principais línguas ou ofertas de trabalho, esta versão evolui para o yData e, num nível ainda mais premium, para o eXcellence.

Esta última modalidade do produto de big e smart data já inclui informação menos acessível e com critérios mais específicos e direccionados para o cliente, nomeadamente concorrentes de mercado e potenciais candidatos, combinando fontes complexas e/ou métodos de machine learning.

Gonçalo Vilhena, CIO da Randstad Portugal, explica como surgiu a solução: «Somos o terceiro maior empregador privado no nosso país e emitimos em média 55 mil declarações de IRS por mês, o que quer dizer que temos muitos dados sobre o mercado de trabalho que podem não apenas analisar o estado actual, como prever o comportamento através do recurso a um algoritmo».

«São milhões de dados que passam a estar disponíveis de forma relevante para suportar a decisão seja em estratégia de negócio, seja em decisões de investimento ou de recrutamento e retenção», acrescenta o responsável.

 

Business-IT

Deixe uma resposta