NacionalNotícias

Sonae investe mais de 100 milhões de euros em inovação no retalho

A Sonae manteve a sua aposta estratégica na inovação em 2018, tendo desenvolvido mais de mil projectos a nível mundial no sector do retalho.

No ano passado, o investimento em inovação, investigação e desenvolvimento da Sonae terá superado os 100 milhões de euros em mais de mil projectos  que a empresa compilou no Livro de Inovação do Retalho 2018.

O relatório publicado pelo décimo ano destaca que a Sonae continuou a desenvolver uma política de inovação aberta, contando hoje como uma rede de open innovation assente em 429 parceiros de 34 países.

Nos últimos dois anos o número de parceiros de inovação da Sonae cresceu mais de 20%, onde se incluem universidades, centros de investigação e desenvolvimento, empresas, startups, incubadoras e aceleradoras, fornecedores e instituições das mais variadas áreas.

Catarina Oliveira Fernandes, directora de comunicação, marca e responsabilidade corporativa da Sonae, destacou a política de inovação da empresa: «Acreditamos que a diversidade e multidisciplinariedade são chaves para a inovação. Por isso, investimos nas pessoas, que estão no centro da nossa estratégia de inovação, e procuramos estabelecer parcerias que potenciam a nossa capacidade de inovar, estimulando a partilha do conhecimento e o desenvolvimento de iniciativas por via de cooperação em rede».

Entre as mais de 50 inovações que constam do Livro de Inovação 2018 está a app Feedback do Cliente, desenvolvida pela Sonae Sports & Fashion, que facilita a recolha da opinião dos clientes pelos gestores de loja, de forma estruturada e mais eficaz, sendo a informação incorporada no desenvolvimento dos produtos.

Outro destaque foi a  app Smart Continente, que permite aos clientes fazer compras utilizando voz, leitura de código de barras ou entrada de texto, com a ajuda de um assistente personalizado que utiliza inteligência artificial para apresentar resultados personalizados.

Já o procjeto Improve Your Game da Worten foi implementado para responder ao crescente fenómeno do gaming, tendo conduzido ao desenvolvimento de computadores vocacionados para o efeito e de um portefólio de jogos, bem como à criação de uma marca e plataforma de jogos (Worten Game Ring). Como resultado, as vendas da categoria cresceram 60% e a quota de mercado da Worten aumentou em 3 pontos percentuais.

 

Mafalda Freire
Fã de tecnologia, gosta especialmente de tudo o que esteja relacionado com automóveis e mobile. Além disso é apaixonada pelo Star Wars.